Consciência Ecológica

Acreditamos que mesmo as empresas que trabalham no ciberespaço o podem fazer de uma forma sustentável.

Somos o primeiro serviço de registo Europeu de TLD a ser registado pelo Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS) da UE desde 2012.

Ações ambientais

Adotámos há vários anos uma abordagem ambientalmente responsável na gestão dos nossos TLDs.

O registo do EMAS formaliza as nossas atividades em curso e demonstra o nosso empenho público em melhorar ainda mais a nossa pegada ambiental. Estas atividades incluem, entre outras:

  • Eficiência dos recursos: O nosso plano de reduzir o impacto ambiental dos transportes através da introdução de carros de empresa mais verdes é apenas uma das formas através das quais pretendemos reduzir as emissões.
  • Envolvimento da empresa: Promovemos internamente o programa de sustentabilidade junto dos colaboradores de modo a aumentar a sua participação em atividades e projetos ambientais.
  • Eventos responsáveis: Quando organizamos conferências e eventos para Agentes de Registo acreditados ou participamos em feiras de negócios do sector e reuniões, aplicamos critérios ambientais do guia de reuniões do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (UNEP) para garantir que estes eventos, e as viagens associadas, sejam o mais ecológicos possível.

Política e objetivos

A Declaração Ambiental 2018-2020 EMAS e ISO 14001 (PDF) define a política ambiental da EURid, objetivos e o programa de atividades para os próximos três anos.

Acerca do EMAS

O Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS) da UE é uma ferramenta de gestão voluntária para as empresas e outras organizações poderem avaliar, reportar e melhorar o seu desempenho ambiental. Este sistema ajuda as empresas a otimizar os seus processos de produção, a reduzir o impacto ambiental e a utilizar os recursos de forma mais eficiente.

A EURid obteve o registo no EMAS em maio de 2012 e, desde então, renovou o seu registo EMAS para o período 2018-2020. O nosso número de registo é o BE-VL-000016.

Compensação CO2

Desde 2014 que avaliamos as nossas emissões de CO2 dos anos anteriores e adquirimos créditos de CO2 verificados para:

  • 2014 - a construção de turbinas eólicas e para a produção de biodiesel a partir de sementes de purgueira em Gujarat, na Índia.
  • 2015 - a plantação de árvores de fruto nas Astúrias, Espanha, numa zona habitada pelo urso pardo europeu, uma espécie em perigo de extinção, em colaboração com a organização espanhola FAPAS sob o abrigo do programa "+ BEARS -CO2”.
  • 2015 - contribuir para o projeto Ecomapuá que tem, entre outros, o objetivo de preservar a rica biodiversidade da Amazónia.
  • 2016 - contribuir para o projeto Hidroelétrico Dak Rung no Vietname. Este projeto de energia renovável foi baseado na construção de uma central hidroelétrica de 8MW no ribeiro Dak Rung para a geração de eletricidade renovável para a população local e a rede elétrica do Vietname.
  • 2017-2018 - apoiar o projeto de Reabilitação de Poços no Uganda. O objetivo do projeto de Reabilitação de Poços é trabalhar em conjunto com as comunidades do Uganda para reparar poços danificados e consequentemente restabelecer o acesso a água potável limpa e segura. Em 2018, apoiámos o projeto de Reabilitação de Poços no Uganda pelo segundo ano; desta vez, o nosso foco recaiu sobre os distritos de Dokolo, Otuke e Alebtong.
  • 2019 - apoiar o projeto de Reabilitação de Poços no Uganda, bem como os esforços de reflorestação em Monchique, Portugal, uma área profundamente afetada pelos devastadores incêndios florestais no verão de 2018.
  • 2020 - apoiar o projeto “Water is Life” (Água é Vida) em Madagáscar.